Regressar ao trabalho após a licença de maternidade

Um dos maiores desafios que as novas mães enfrentam é o regresso ao trabalho após a licença de maternidade. Pode ser uma experiência repleta de emoções, em que as novas mães se questionam como podem equilibrar a sua carreira exigente com a vontade de passar tempo suficiente com o seu bebé.
O trabalho e o bebé

A boa notícia é que, com um pouco de planeamento e preparação, pode gerir sem sobressaltos o processo de regresso ao trabalho. A seguir são apresentadas algumas das preocupações mais comuns que as mães que amamentam e trabalham têm e, mais importante ainda, algumas dicas sobre como lidar com elas.

Conciliar o trabalho e o bebé

Cuidar do bebé já é por si só um trabalho que ocupa 24 horas por dia. Quando se junta um horário de trabalho atarefado à rotina de cuidar do bebé, a situação pode tornar-se desgastante. Não existe um equilíbrio "perfeito" entre o trabalho, a família e outros compromissos. Lembre-se de que também tem de cuidar de si: se estiver cansada ou stressada, não será capaz de fazer bem nenhuma destas coisas.

O lado positivo é que a sua vida acabará por regressar a um estado mais equilibrado. Entretanto, o melhor é desfrutar da experiência ao máximo.

Encontrar um infantário

Encontrar um infantário

Num mundo ideal, poderia trazer o seu bebé para um infantário no seu local de trabalho ou deixá-lo em casa com uma babysitter ou ama. Ou o seu marido poderia encarregar-se da tarefa. Mesmo que isto não seja possível, existem muitas outras opções.

Ao escolher um infantário, certifique-se de que este é acreditado e tem instalações seguras e limpas. Verifique os antecedentes dos seus funcionários, peça referências a outros pais e faça os possíveis para se certificar de que o seu bebé ficará em segurança.

Se estiver a amamentar, aconselhamo-la a assegurar-se de que o infantário está preparado para alimentar o bebé com o seu leite, utilizando uma solução de alimentação, como, por exemplo, o Calma, que garante que o bebé mantém o mesmo comportamento de sucção utilizado na mama.

Amamentação e extração de leite no trabalho

Algumas mulheres ficam apreensivas por não saberem se irão conseguir manter o aleitamento após o regresso ao trabalho, colocando-se questões como:

  • Serei capaz de extrair leite suficiente?
  • Será que a minha entidade patronal irá proporcionar um ambiente favorável à amamentação para extrair leite?
  • Será que os meus colegas vão compreender?

Estas são preocupações legítimas, mas, na maioria das vezes, tudo irá correr bem. Não tenha receio de perguntar o que a sua entidade patronal pode oferecer, e tenha a iniciativa de dar algumas ideias construtivas.

Novo estilo de trabalho

Adaptação a um novo estilo de trabalho

Poderá ser difícil manter o mesmo horário de viagem ou trabalhar o mesmo número de horas a que estava acostumada. Considere pedir ao seu diretor para a ajudar a organizar um horário de trabalho mais criativo que possa ser vantajoso para a sua entidade patronal e para si. Se trabalhar a tempo inteiro, seria possível trabalhar 10 horas por dia quatro dias por semana, ou trabalhar a partir de casa um dia por semana? E se sugerir um horário em part-time ou plano de divisão do trabalho?

O segredo é ter um plano antes de regressar ao trabalho e expor as suas ideias de um modo que realce as vantagens para a organização.

Manter-se positiva e autoconfiante

Muitas mães trabalhadoras já têm carreiras bem estabelecidas antes de terem um bebé. Caso se comece a sentir exausta ou até mesmo presa, lembre-se de que não é a única nesta situação. Contacte o seu consultor em aleitamento ou um grupo de apoio e ligação à comunidade de mães que trabalham – ou crie um. Não deixe que as emoções negativas interfiram na sua carreira ou vida pessoal.

O impacto na relação com o marido ou companheiro

O regresso ao trabalho enquanto mãe que amamenta suscita uma variedade de potenciais preocupações com a relação. Pode preocupar-se com as suas finanças. Ou talvez o seu companheiro se sinta um pouco inseguro quanto ao seu papel. Tente incentivá-lo a ser honesto quanto aos seus sentimentos. Ter filhos pode fortalecer a sua relação, porém, deve manter a comunicação entre si e o seu companheiro, encontrando tempo para estarem juntos e supondo o melhor das intenções um do outro.

As mães trabalhadoras querem ser independentes, capazes e autónomas. Caso se sinta sensível, lembre-se de que está a passar por uma fase muito especial da sua vida. Não hesite em pedir ajuda. Tente aproveitar a maternidade como uma oportunidade para criar um maior círculo de amigos para si e para a sua família.

 

Produtos úteis
Produtos úteis
Informação adicional
Informação adicional

Como escolher um extrator de leite materno

Saiba mais

Extração de leite e amamentação no trabalho

Saiba mais