Sistema de Nutrição Suplementar (SNS)

O Sistema de Nutrição Suplementar é a forma ideal de administrar nutrição suplementar aos bebés enquanto estes são amamentados. O sistema promove a ligação única entre a mãe e o bebé, motivando ambos a alcançar uma experiência de amamentação mais satisfatória. Isto pode ser conseguido permitindo que o bebé obtenha o leite adicional de que necessita através do SNS enquanto é amamentado.

O Sistema de Nutrição Suplementar: ajuda a criar laços

"O SNS permitiu-me amamentar novamente. Isso motivou-me muito psicologicamente. Vejo o produto como uma grande oportunidade para muitas mulheres” Christiane K.

O SNS tem como objetivo permitir às mães amamentar quando não o conseguiriam fazer de outra forma, ajudando também o bebé a praticar o comportamento de sucção. Oferece as seguintes vantagens:

  • Pode ser usado por mães que têm ou pensam ter uma baixa produção de leite materno
  • Ajuda a estimular a produção de leite da mãe através da sucção direta na mama
  • Pode ser usado quando existe a necessidade de suplementos, além do leite materno
  • Treina o bebé a sugar de forma correta, criando vácuo na mama

O Sistema de Nutrição Suplementar é um reservatório que é cheio com nutrição suplementar. Pode ser colocado no peito da mãe ou num poste. Os tubos, muito finos e flexíveis, são fixados junto dos mamilos da mãe e libertam leite e suplementos adicionais enquanto o bebé se alimenta.

Sistema de Nutrição Suplementar com mãe a amamentar o bebé

Benefícios do SNS

Este dispositivo de alimentação especial ajuda a assegurar que o bebé recebe nutrição suplementar enquanto é amamentado.

O reservatório pode ser colocado no peito da mãe.

Tubos muito finos e flexíveis são fixados junto dos mamilos da mãe.

O dispositivo pode ser reutilizado depois de limpo de acordo com as instruções de utilização.

 

  • Permite às mães amamentar, quando não seriam capazes de o fazer de outra forma.
  • Ajuda a estimular a produção de leite da mãe através da sucção direta na mama
  • Treina o bebé a sugar de forma correta, criando vácuo na mama
  • Apoia o envolvimento parental
  • Apoia o contacto único entre a mãe e o bebé
  • Permite que os bebés adotados sejam alimentados na mama
Referências

Niefert, M. & Seacat, J. Practical aspects of breast feeding the premature infant. Perin Neonatol 12, 24-30 (1988).